Assinatura RSS

House Fire


Se tivesse um barco que pudesse me levar pra além desse rio eu o tomaria.

Navegaria até que a dor, minha fiel companheira de anos, cansasse de pousar no meu ombro. Para que um dia eu conseguisse acordar sem ser atormentada pelos meus erros. Para que eles não me assombrassem mais.

Se esse rio fosse fundo eu jogaria meu corpo cansado nos seus braços. O deixaria inundar os meus pulmões e pertenceria pra sempre entre suas aguas. Me tornaria ele ou o tomaria pra mim. Isso não é um desejo de eternidade, é uma busca por paz. Um canto solitário nessa vida cheia de tumulto. Um caminho sem volta pro interior e quem sabe, enfim, a morte.

A agonia nunca some. Ela se esconde nas curvas escuras de mim pra um dia, do nada, somar com o desespero silencioso do meu coração. Atacado-me e devorando-me novamente.

Infinitamente.

“We did what we could to save this house from falling
But it burns because it’s wood and now you’ll never call me darling”

Citação: House Fire – Someone Still Loves You Boris Yeltsin

Sobre Nara Gabrielly

99,9% morta por dentro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: